Blog do El Carmo


30/01/2010


Extradição de Polanski

                    O pedido de extradição do cineasta Roman Polanski feito pelos Estados Unidos tem cheiro de tudo menos de direito.

                    Com efeito, não parece ter fim um processo naquele país, o que atenta contra todas as regras de bom senso. Não prescreve nunca um processo nos Estados Unidos? Que regras seguem um juiz para julgar um processo? Apenas suas idiossincrasias? Em sua defesa na Corte de Apelação do 2º Distrito da California,  o advogado Chad Hummel havia apontado erros do juiz  na condução do processo. Não há informações de que tais erros  tenham sido realmente cometidos e se estes erros são capazes de tornar nulo o processo. O fato é que não se pode confiar muito na justiça americana que não segue uma jurisprudência definida, e julga cada caso ao sabor da moda, sob o império dos holofotes e de acordo com a fama da pessoa a ser julgada.

                   Por esta razão, nada mais justo que o mundo todo se levante contra o julgamento de Roman Polanski, e, sobretudo, contra o pedido de extradição do Estados Unidos, apelando-se para o espírito de Justiça que sempre se pautou a Suiça para que negue a extradição de Polanski.

                      

 

 

 

Escrito por El Carmo às 21h51
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Nordeste, Homem

Histórico