Blog do El Carmo


08/12/2006


O episódio do arrastão do qual foram vítimas os ministros do Supremo Tribunal Federal Ellen Gracie e Gilmar Mendes serviu para mostrar à sociedade brasileira o quanto estamos desprotegidos, mas serviu sobretudo para mostrar aos membros do poder judiciário  que eles não são tão Deuses como se julgam ser. A insensibilidade destes seres sobrenaturais para o sofrimento dos que acorrem à casa da justiça é por todos sentida, mas nós simples mortais ficamos inertes, esperando que um deus desça do Olimpo, venha ao nosso encontro e solucione o problema posto nos autos e que dorme em berço esplêndido. Longe de mim fazer a apologia do crime, isto seria tão criminoso quanto deixar dormindo eternamente um processo enquanto a ferida arde em nossa carne. Mas, se é que não se tem  como impedir o furto, o roubo, os assaltos, os arrastões, que estes pelos menos sejam feitos contra os donos do poder. Que eles sintam na pele o que a patuléia sofre. Talvez fosse uma maneira de fazê-los refletir sobre a real situação do país, eis que, encastelados em suas redomas não tem como tomar consciência da realidade. Seria então de se dizer: "Não me assaltem, senhores, (senhores sim) que nada tenho, só fulano, beltrano e sicrano têm condições de resolver seus problemas. Eu sou um  pobre coitado como vocês. Isto não é fazer apologia do crime, é apenas dizer, que roubar um pé de chinelo é improdutivo e como vivemos num capitalista, a ação pouco rentável deve ser evitada. Isto porque estou convicto de que quem faz arrastão não o faz pelo simples prazer de roubar, mas também para dar uma lição nas classes dominantes, só que eles não sabem identificar a classe dominante. Agora, olhando-se por outro angulo: Que espécie de segurança tinham os ministros assaltados? Quem lhes paga a segurança? Não somos nós?

Escrito por El Carmo às 12h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

06/12/2006


PLANTE UMA ÁRVORE

Lanço daqui uma campanha: PLANTE UMA ÁRVORE. Que todos nós divulguemos a ideia de se plantar uma árvore em todo e qualquer lugar que possa caber uma árvore. Lutemos, sobretudo, pelo plantio de uma árvore frutífera. O plantio de árvores frutiferas é importante para o barateamento das frutas, além de propiciar o aumento do oxigênio no ar. Devemos acabar com a ideia de que as árvores frutíferas atraem vândalos, porque no momento em que hajam muitas árvores não haverá lugar para vândalos. Plantemos sim uma árvore. Semeie uma semente onde couber uma semente, não importa que as pessoas arranquem, um dia uma semente vingará. Plante nos jardins de sua cidade. Nos terrenos baldios, No quintal de sua casa, em qualquer lugar. Um dia esta semente vingará.

Escrito por El Carmo às 19h47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Nordeste, Homem

Histórico